• lucianatascaadv

Covid-19: uma triste realidade

Esse post contém reflexões de uma triste realidade vivida por todos nós e as novas configurações trazidas de forma abrupta pela pandemia do coronavírus. Foi publicado em nossas redes sociais em 11 de março de 2021.


 

Um ano depois da declaração da OMS de que o mundo passava pela pandemia do novo coronavírus, o Brasil ainda bate recorde de mortes diárias pelo vírus, ocupando o segundo lugar nesse triste ranking.


Um ano depois e ainda aguardamos - infelizmente sem previsão - o retorno às atividades normais.


Mas será que ainda é possível "voltar ao normal"?


Além das 120 milhões de pessoas infectadas pelo vírus e mais de 2,6 milhões de mortes, o coronavírus mudou de forma definitiva a vida e a rotina de toda a população mundial.


No mundo jurídico, em que pese a Lei da Pandemia (Lei nº 14.010/2020) ter estabelecido mudanças temporárias nas relações jurídicas, a utilização da tecnologia no meio judiciário e as relações à distância se mostraram muito efetivas. Com custo benefício condizente também com as dificuldades econômicas, indica uma realidade que veio para ficar. Não é atoa que, segundo estudo realizado pela Fundação Instituto de Administração (FIA), cerca de 65% das empresas pretendem manter o home office e teletrabalho mesmo com o fim da pandemia, o que modificará significativamente as relações trabalhistas.


Além disso, a aplicação de alguns dispositivos da Lei da Pandemia perdurarão por um longo tempo no sistema jurídico e nos litígios, notadamente, em relação à realização de assembleias, reuniões e audiências à distância, e a suspensão e interrupção dos prazos de prescrição, decadência e de usucapião durante a vigência da lei (de 1º de fevereiro de 2020 a 30 de outubro de 2020).


Pelo visto, lembraremos ainda por muitos anos, mesmo após a superação da covid-19, que a humanidade enfrentou este grave momento, que modificou permanentemente a humanidade em todos os seus aspectos.


>> Se identifica com as novas configurações? Tem algum problema relacionado à nova realidade que precisa de análise? Conte comigo para te ajudar!

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo